Sobre nós

Nossa história

Nossa escola foi criada em 19 de setembro de 1959, na administração do Doutor Juarez Guisard, inicialmente atendendo exigências de instalação da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Taubaté.

Funcionou primeiramente na Rua Visconde do Rio Branco, junto à Faculdade de Filosofia e Letras de Taubaté, com três classes: 5ª séries A e B e 6ª série A. A Direção do ginásio foi entregue ao Professor de Didática Geral da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, professor Emídio Nérice.

Em seguida, assumiu um grupo liderado pelo Doutor Sebastião Monteiro Bonato, que foi considerado fundador do Ginásio Municipal.

Em 27 de outubro de 1972, foi criado o 2º grau no Ginásio Municipal Professor José Ezequiel de Souza que passou a denominar-se Colégio Municipal Professor José Ezequiel de Souza.

Através do parecer CEE nº 610-82 de 11/05/82, fica reconhecida a Escola Municipal de 1º e 2º graus Professor José Ezequiel de Souza com ensino de 1º e 2º graus com Formação Profissionalizante Básica – Setores Primário e Secundário.

Nossa missão

- Oferecer aos nossos alunos educação de qualidade, com base na ética e na construção de valores, que permita a todos que aqui estudam a possibilidade de concretizar os seus projetos de vida.

Nossa visão

- Construir uma escola que seja um parâmetro de qualidade de educação pública, buscando sempre o estreitamento com as TIC (Tecnologias da Informação e Comunicação) para  formar cidadãos críticos e conscientes dos seus direitos e deveres e torná-los capazes de atuar na sociedade de forma ética.

Patrono

Filho de Otaviano Januário de Sousa e de Dona Esmeralda Augusta de Camargo Sousa, José Ezequiel de Souza nasceu em Taubaté em 10 de abril de 1895. Após concluir o curso básico em Taubaté, ingressou na Escola Normal de Guaratinguetá, onde colou grau em janeiro de 1917.

Professor diplomado, iniciou sua carreira no magistério, lecionando em escolas rurais de Taubaté e de Tremembé. Transferiu-se para Areias e mais tarde, para Pindamonhangaba, retornando, a seguir, a sua terra natal para lecionar no Grupo Escolar Dom Pereira de Barros, estabelecimento que dirigiu várias vezes.

No período de 1935 a 1938 lecionou no então Ginásio Estadual de Taubaté, regendo a cadeira de Ciências Físicas e Naturais.

Professor registrado em Ciências Naturais, Matemática e Português, lecionou, durante longo período, nos principais estabelecimentos de ensino de Taubaté.

Aposentado do magistério público estadual em 1954, prosseguiu nas suas atividades didáticas na rede particular de ensino desta cidade e da região.

Encerrou suas atividades como professor em 1964, após quarenta e cinco anos de dedicação àquilo que foi a razão de sua existência profissional, não tendo medido esforços em favor do ensino e da formação da juventude.

Além de professor, teve também atuações como jornalista e poeta. Faleceu em 28 de setembro de 1966.

Exposição permanente Mestre Justino.